Número de sílabas (desde 11/2008)

counter

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Uns Versos

(Adriana Calcanhotto)

Sou sua noite, sou seu quarto
se você quiser dormir
eu me despeço
eu em pedaços
como um silêncio ao contrário
enquanto espero
escrevo uns versos
depois rasgo

Sou seu fado, sou seu bardo
se você quiser ouvir
o seu eunuco, o seu soprano
um seu arauto
eu sou o sol da sua noite em claro, um rádio
eu sou pelo avesso sua pele, o seu casaco
se você vai sair
o seu asfalto
se você vai sair
eu chovo
sobre o seu cabelo
pelo seu itinerário
sou eu o seu paradeiro
em uns versos que eu escrevo
depois rasgo

video

Porque me bateu uma certa melancolia.
Porque a melancolia é uma mulher,
e em mulher não se bate
nem com saudade.

Nenhum comentário: